Futebol de Botão (Button Soccer)


Hoje eu sonhei com jogo de botão. Jogava com meu irmão como fazíamos há tempos atrás, quando éramos ambos moleques ainda. (Today I dreamed with Button soccer. I was playing with my brother in the same way we used to do when we were still children).

Lembro-me que naquele tempo tínhamos botões de plástico duro com adesivos para serem colados no meio, daqueles encontrados em várias lojas como a 4400 (a 4400 era a antiga Lobrás que nos tempos da minha avó vendia vários objetos a 4 mil e 400 réis, daí o apelido). (I remember that we had hard plastic buttons with adhesives to be glued in the middle, like the ones that could be easily found at stores like 4400 (4400 is the nickname of a warehouse store called Lobrás which used to sell products by 4 thousand and 400 réis – old Brazilian money)).

É claro que o meu time era o Botafogo, mas sendo meu irmão também botafoguense, ficava difícil aceitar os botões verdes do Palmeiras, o outro time que vinha junto com o Fogão. Decidimos então colar pequenas fotos da seleção de 70, no lugar dos adesivos com o escudo do Palmeiras. (Of course that my team was Botafogo but as my brother was also Botafoguense it was difficult to accept the Green buttons of Palmeiras, the other team that came in the Box with Botafogo. So we decided to glue small photos of the National Soccer Team of 1970 instead of the adhesives with Palmeiras flag).  

Era então o Botafogo contra a Seleção Brasileira de 1970. E mesmo assim tínhamos que revezar porque nem o escrete Tri-Campeão era melhor do que jogar com o Botafogo.

A princípio o campo era o chão da sala. Não havia limites e nem fronteiras. De vez em quando o jogo acabava quando a bola era roubada pela torcida canina ou felina que andava perto e seguia os lances sem tirar os olhos da isca. Depois ganhamos um campo de futebol de botão e os problemas com a torcida foram resolvidos já que o jogo podia ser facilmente jogado “nas alturas”. (It was then Botafogo against the Dream Team of 70. Notwithstanding we had to change every now and then because not even the National Team was better than to play with Botafogo. At first the field was the floor of the living room. There were no frontiers or limits. Every now and then the game had to finish because the canine and feline supporters that were always close by stole the ball. Later on we get a proper button soccer field and the problems with the supporters were finished as we could easily place the field “on the highs”). 

Campo de futebol de botão (Button soccer field)

 

 Um dia chegou um vizinho com um time “estrangeiro”. Seus botões não tinham adesivos nem fotos e eram de cores e tamanhos variados. O goleiro era uma simples caixa de fósforos com areia dentro! E cada botão tinha uma especialidade: o bom para chutes longos ou curtos, o excelente para pênaltis, o craque que possibilitava desvios na bola. Ah, e a bola então! Saímos daquele disco preto achatado para uma bola redonda e colorida! Não tinha como ganhar dos “estrangeiros”. (One day came a neighbor with a “foreign” team. His buttons had no adhesives or photos and they had all different size and colors. The goalkeeper was a simple matchbox with sand inside! And each button had its own specialty: the good one for short or long shoots; the excellent one for penalties; the best one, the one with which it was possible to make detours in the long distance shoots. And the ball then? We left that small flat black thing to a proper round and colorful one! It was impossible to win from the “foreigners”).        

Foi dessa maneira que fomos introduzidos ao jogo “profissional”. Aos poucos fomos deixando os botões de plásticos comprados para sair à caça dos botões achados, verdadeiros craques no campo. (This was how we were introduced to the “profissional” game. Slowly by slowly we left the buttons bought at the store to go hunting for the “found” ones, really champions in the field).

Pergunto-me se as crianças de hoje em dia ainda jogam futebol de botão e se possuem a paciência de “armar” um escrete profissional. Algum de vocês jogou e curtiu botão? (I ask myself if the children from today still play button soccer and if they have the patience necessary to build a professional team. Does anyone of you has played and enjoyed button soccer?).

About daquiprai

I'm a writer in development (and I always be). Daqui Praí is a mix of thoughts and facts from my point of view to the world.
This entry was posted in nostalgia. Bookmark the permalink.

6 Responses to Futebol de Botão (Button Soccer)

  1. Avany Castro says:

    Belo artigo. Fez-me pensar que moro numa rua tranquila no já tranquilo bairro do Grajau, na zona norte do Rio de Janeiro. É tão tranquilo que em alguns horários, quando as ruas estão mais desertas, nos sentimos inseguros. Mas, no pedaço onde moro, os moradores se reuniram e conseguiram que a Prefeitura permitisse uma guarita e a rua virou um condomínio “quase” particular. E aí a garotada se reune quase que diariamente para um amistoso joguinho de futebol no meio da rua. Em casa ficamos escutando as vozes deles, os risos, as broncas e comentamos, melhor aproveitar essa fase tão boa da infância gastando energia na rua que ficar em casa, na frente de um computador, sabe-se lá fazendo o quê? Essa infância perdida, do jogo de botões, das brincadeiras descompromissadas precisa ser resgatada. A imaginação e criatividade das crianças precisa disso para crescerem saudáveis e tornarem-se adultos de verdade. A infância agradece!!!

    • daquiprai says:

      Que beleza, Avany. Pelo que descreves parece aquelas vilas das novelas. Realmente os tempos são outros e creio que as crianças precisam dos computadores, mas também é necessário estimular a criatividade. Obrigada por ler e comentar meu blog!

  2. Bianca Marie says:

    I’d never heard of button soccer, but I guess kids throughout the world become resourceful to play as children are meant to do. The photo you posted with on your blog, reminded me of game table games like Foosball, etc. Check these out.

    http://www.nextag.com/soccer-table/products-html

    Some can be used for air hockey, finger football, table tennis, etc.

    • daquiprai says:

      I know foosball as well. In Portuguese we call it Pebolim and it’s quite different as you don’t use the buttons but just roll the sticks on the side of the table. Thanks for the link. I really found interesting the table where you can switch the games…

  3. Wilde Portella says:

    Beleza de crônica. Claro que curti o futebol de botão. Participava até de campeonato com direito a taça e tudo mais. Bons tempos. Valeu pela lembrança. Ainda me lembro de um botão que era bom de falta à distância: Alemão, que jogava na posição de zagueir esquerdo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s